Universidade Federal do Paraná
Departamento de Informática
Bacharelado em Ciência da Computação
Prof. Elias P. Duarte Jr.

Lista 2 de Redes de Computadores II




  1. Explique o que é o modelo Cliente-Servidor, usado como paradigma por virtualmente todas as aplicações da Internet (mesmo outros modelos, como peer-to-peer e de objetos distribuídos podem ser mapeados para o modelo Cliente-Servidor).

  2. Os sistemas Cliente-Servidor podem ser classificados como concorrentes ou iterativos. Explique.

  3. Outra classificação dos sistemas Cliente-Servidor depende do protocolo de transporte que usam, TCP (orientado à conexão) ou UDP (não orientado à conexão). Explique mostrando também quais podem ser iterativos e concorrentes.

  4. O que é um socket? Qual a relação entre os sockets e os protocolos TCP/IP?

  5. Explique os comandos básicos para a construção de clientes e servidores com sockets. Mostre as diferenças quando se usa UDP e TCP.

  6. Quais comandos do socket bloqueiam?

  7. Qual comando do socket vai dentro do loop: listen ou accept? Para que servem estes comandos?

  8. O protocolo BOOTP apresenta duas fortes vantagens sobre o protocolo RARP, apesar de que ambos tem a funcionalidade básica de permitir que um host obtenha um endereço IP na inicialização. Que vantagens são estas?

  9. Faça uma comparação agora entre o DHCP e o BOOTP.

  10. Há dois RFC's básicos do DNS, por que um só protocolo de aplicação precisa de dois documentos?

  11. Explique o funcionamento das consultas recursivas e iterativas do DNS, lembre-se que o resolvedor (cliente) é leve!

  12. Descreva a estrutura hierárquica utilizada para a construção de nomes DNS.

  13. O roteamento na Internet é feito tomando por base a rede dividida nos chamados Sistemas Autônomos (Autonomous Systems - SA's). Daí surgem os conceitos de roteamento interno e roteamento externo, explique.

  14. Existem vários algoritmos de roteamento e vários protocolos de roteamento. O que faz um algoritmo? O que faz um protocolo?

  15. Explique como funciona o algoritmo de roteamento de Bellman-Ford. Cite 2 desvantagens deste algoritmo. Apesar destas desvantagens, há uma vantagem importante que garante que este é o algoritmo mais usado para roteamento na Internet, que vantagem é esta?

  16. O protocolo OSPF é o único padrão TCP/IP baseado no algoritmo de Djikstra do caminho mínimo. Por que este protocolo não poderia ser de roteamento externo?

  17. O protocolo RIP é muito popular para roteamento interno. Este protocolo, entretanto apresenta problemas tais como a convergência lenta. Explique este problema e uma solução para ele.

  18. O protocolo HELLO é o único protocolo de roteamento que não usa a distância em hops (passos) como métrica, mas sim o atraso (tempo) para um destino. Mostre um exemplo em que esta métrica cria problemas de desbalanceamento no uso da rede.

  19. Explique o funcionamento do protocolo BGP, virtualmente o único protocolo de roteamento externo usado na Internet.

  20. Uma alternativa radicalmente diferente para roteamento na Internet é baseada no protocolo MPLS de faz comutação circuitos baseada em fluxos. Responda: o que é um fluxo? Por que é mais eficiente fazer o roteamento de fluxos baseado em comutação de circuitos e não usando a tradiocional comutação de pacotes?